Thursday, January 24, 2008

Grito Vilhena movimenta o interior de Rondônia


Nettu com sua banda Enmou, no Festival Beradeiros(RO)

Você pode ter ouvido falar pouco de Vilhena. Pois fique sabendo que a cidade – situada no interior do estado de Rondônia - vem dando um banho no quesito organização político-cultural. Uma das movimentações que acontecem por lá é a proposta pelo coletivo Vilhena Rock, que á também organizador do Grito Rock Vilhena. Por msn, conversamos com Nettu Regert, responsável pelo Vilhena Rock e, consequentemente, pelo Grito de lá. Na entrevista, Nettu fala das barreiras enfrentadas pelas bandas do interior, apoio do poder público, o polêmico método de seleção de bandas, e até sobre um mal estar causado no setor cultural. Enfim, leia abaixo:

Ney Hugo - Segunda Prévia do Grito - Sábado agora no Misc - Entrada R$ 3,0 diz:
oq representa para Vilhena participar de um evento integrado internacionalmente?

Nettü Regert - Grito Rock Vilhena RO 2008: 09 e 10 de fevereiro! diz:
Para nós representa a troca de informações e tecnologias com outras cidades de outros estados e também de países diferentes. A importância de manter contato com pessoas que estão inseridas em outras realidades é fundamental, até porque nos facilita lidar com o nosso próprio meio, oferecendo visões e alternativas diferentes de atuação.

Ney Hugo - Segunda Prévia do Grito - Sábado agora no Misc - Entrada R$ 3,0 diz:
Uma das vantagens do grito integrado é a possibilidade maior que as bandas tem de circular, passando por vários "gritos", conforme a articulação. Como tá o clima aí com as bandas de Vilhena? quais delas querem e tem condição de circular?

Nettü Regert - Grito Rock Vilhena RO 2008: 09 e 10 de fevereiro! diz:
As bandas de Vilhena têm muita vontade para circularem, mas algumas barreiras têm que ser quebradas. A principal delas é a desmotivação de correr atrás para viabilizar sua circulação. A maioria das bandas locais não tem material gravado e alguns integrantes até tem dificuldades para viajar, de natureza pessoal ou financeira. Bandas como Enmou (a que toco), Cronos, Sistema Oposto, Prysmman e Sub Pop somam condições para representar nossa cidade em outras cenas, mas a maioria para na hora de bancar seus próprios custos. Este ano no Grito decidimos não viajar para nos dedicarmos a outras prioridades e as outras bandas não encontraram boas condições para que pudessem viajar. Mas a circulação é realmente muito importante neste circuito todo.

Ney Hugo - Segunda Prévia do Grito - Sábado agora no Misc - Entrada R$ 3,0 diz:
Em Cuiabá, pela segunda vez no ano o Grito Rock acontece integrado ao carnaval multicultural da prefeitura. Houve alguma visualização por parte do poder público para com o grito em Vilhena?

Nettü Regert - Grito Rock Vilhena RO 2008: 09 e 10 de fevereiro! diz:
Sim, em Vilhena a prefeitura vislumbrou o projeto e destacou a sua importância como intercâmbio cultural e prometeu apoio a atividade.

Ney Hugo - Segunda Prévia do Grito - Sábado agora no Misc - Entrada R$ 3,0 diz:
Em Cuiabá, dois dos métodos de escolha das bandas foram baseados em cotas para coletivos culturais (como Volume, Instituto Mandala e Espaço Atômico), além de prévias classificatórias com bandas novas. Quais foram os critérios de seleção do Grito por aí?

Nettü Regert - Grito Rock Vilhena RO 2008: 09 e 10 de fevereiro! diz:
Em Vilhena adotamos um modelo participativo. Distribuimos cédulas de votação para as bandas locais inscritas (15 no total) e também entre a organização (6 pessoas) e além disso fizemos uma enquete no orkut, onde as bandas mais votadas de cada tópico ganhariam uma indicação para tocar aqui. Cada célula dava o direito de 15 indicações divididas em oito tópicos: "Banda de Cacoal", "Banda de Cuiabá", "Banda de Ji-Paraná", "Banda de Porto Velho", "Banda de Rio Branco", "Banda GERAL", "Bandas de Vilhena" e "Bandas de Vilhena para tocar fora". E as bandas que tivessem mais indicações dentro de cada tópico (somando os votos da organização, bandas locais e orkut) foram selecionadas para tocar aqui. Tem o edital aqui: http://www.orkut.com/CommMsgs.aspx?cmm=24620291&tid=2571217688986952913

Polêmicas a parte acreditamos que atingimos nossos objetivos, pois proporcionou às bandas locais conhecerem as bandas de fora e os votantes na internet puderam apoiar suas bandas favoritas. Como critério principal: AUTONOMIA na escolha.
no total acredito que mais de 500 pesssoas puderam opinar

Ney Hugo - Segunda Prévia do Grito - Sábado agora no Misc - Entrada R$ 3,0 diz:
e como ta a expectativa na cidade? acha que o evento ta conseguindo mexer com a cabeça da gurizada? (publico, bandas, setores da cultura)

Nettü Regert - Grito Rock Vilhena RO 2008: 09 e 10 de fevereiro! diz:
sim, o publico já espera pela realização, as bandas estão se preparando e causamos um certo mal estar no setor da cultura aqui, mas isso entre pessoas que não sabem muito bem o que acontece por aqui.

Ney Hugo - Segunda Prévia do Grito - Sábado agora no Misc - Entrada R$ 3,0 diz:
que tipo de mal estar?

Nettü Regert - Grito Rock Vilhena RO 2008: 09 e 10 de fevereiro! diz:
Quando o Grito aqui foi anunciado muitos questionaram "Rock no carnaval? Só em Vilhena mesmo..."

Ney Hugo - Segunda Prévia do Grito - Sábado agora no Misc - Entrada R$ 3,0 diz:
haha.

Nettü Regert - Grito Rock Vilhena RO 2008: 09 e 10 de fevereiro! diz:
e bateram em cima, dizendo que "não era um evento adequado para data" coisas do tipo.

Saiba mais da movimentação em Vilhena, acessando o blog www.vilhenarockzine.blogspot.com

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home